Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 9 de outubro de 2010

“Flávio de Carvalho desveste a Moda Brasileira da Cabeça aos Pés”

A C&A convida a todos para um passeio pela moda brasileira dos últimos trinta anos por meio da exposição “Flávio de Carvalho desveste a Moda da Cabeça aos Pés”, composta por fotos e estruturada sobre o contorno do corpo a partir da visão do artista Flávio de Carvalho.




A união de ricos ingredientes constitui a grande importância dessa mostra. Composta a partir do primeiro estudo de moda produzido no Brasil por Flávio de Carvalho – um grande artista plástico e pensador que será homenageado na bienal internacional deste ano –, com a riqueza da união da arte com a moda que se manifesta também na curadoria de Agnaldo Farias e Mariana Lanari. Ele, curador da Bienal Internacional de São Paulo deste ano, e ela, editora do livro “30 anos de moda no Brasil -80, 90, 2000”, além de diversos livros de moda publicados no Brasil. Tudo isso aliado a uma vasta pesquisa nos acervos dos mais renomados fotógrafos brasileiros.



Flávio de Carvalho (1899 – 1973) foi um grande artista brasileiro. Pintor, desenhista e arquiteto modernista, Carvalho se dedicou a estudar a relação entre a moda e os movimentos da história entre os anos 30 e 50. O resultado desse trabalho foi publicado semanalmente no suplemento feminino do Diário de São Paulo entre março e outubro de 1956. Seus textos constituem o primeiro estudo sobre moda produzido no Brasil. E é por sua relevância que, embora tenha falecido justamente nos anos que antecedem o período tratado pela exposição, a importância que sempre creditou à moda, e o corpo de conceitos que ele elaborou serviram de guia para essa mostra.



Dessa forma, as imagens foram distribuídas de acordo com temas relacionados às partes do corpo. Tais como: cabeça, cabelo, pensamento, sonho, visão geográfica, joias, ombro, cintura, pernas, calça, pontas do corpo, bailado, sapatos e pés. Cada tema é representado por um conjunto de imagens, que enfatiza aspectos que se repetem nos últimos 30 anos e outros que são de momentos isolados. E para cada grupo foram utilizados excertos de textos de Flávio de Carvalho, que iluminam os aspectos representados e fornecem aos visitantes chaves de leitura para que possa olhar cada imagem e a si mesmo para além da superfície.



Cerca de duzentas imagens são utilizadas no total, todas extraídas de uma extensa pesquisa nos acervos de diversos fotógrafos brasileiros. São fotos das décadas de 80, 90 e 2000 que retratam de forma ampla as transformações sociais sofridas na moda: das ombreiras oitentistas que refletiam o poder recém adquirido das mulheres, passando pelo look masculinizado de terninhos em cores neutras e pouca maquiagem dos anos noventa até os anos 2000, onde a ausência de tendência e o consumo instantâneo refletem o espírito do tempo. Tudo retratado de forma atemporal pelas lentes de grandes fotógrafos de moda como Bob Wolfenson, Gui Paganini, Jacques Dequeker, Daniel Klajmic, Klaus Mitteldorf, Thelma Vilas Boas e Vânia Toledo, entre outros.

Período Expositivo: 15 de outubro a 14 de novembro

Horário de Abertura: de terça a domingo, das 10hrs às 19hrs

Local: Mube – Museu Brasileiro de Escultura

Endereço: Av. Europa, 218 – São Paulo – SP

Telefone: (11) 2594-2601

Site: http://www.mubeart.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu estou muito contente com sua participação...aprender é compartilhar o saber.

beijos jo souza

EM 2011

EM 2011