Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

AMO CINEMA, INDICAÇÕES PARA ÀS FÉRIAS DE 2012


1. BONEQUINHA DE LUXO, Blake Edwards
Ano 1961, EUA, DVD, 114 min, cor
2. THE ROCKY HORROR PICTURE SHOW, Jim Sharman
ano 1975, Inglaterra, DVD, 99 min, cor
3. ACROSS THE UNIVERSE, Julie Taymor
Ano 2007, Reino Unido-Estados Unidos, DVD, 133 min, cor
4.O CLÃ DAS ADAGAS VOADORAS, Zhang Yimou
5. BOULEVARD DO CRIME - PARTE 1, Marcel Carné
Ano 1945, França, DVD, 95 minutos, PB
6.BOULEVARD DO CRIME - PARTE 2, Marcel Carné
Ano 1945, França, DVD, 95 minutos, PB
7. O GURU DO SEXO, Daisy Von Scherler Mayer
Ano 2002, EUA, DVD, 94 minutos, cor
8. VIOLÊNCIA E PAIXÃO, Luchino Visconti
Ano 1974, Itália-França, DVD, 121 min, cor
9. BARBARELLA, Roger Vadim
Ano 1968, EUA, DVD, 98 min, cor
10.NOIVO NEURÓTICO, NOIVA NERVOSA, Woody Allen
Ano 1977, EUA, DVD 93 min, cor
11.MEU TIO, Jacques Tati
Ano 1958, França, DVD, 116 min, cor
12. VIRIDIANA, Luis Buñuel
Ano 1961, Espanha-México, DVD, 91 min, PB
13. A BELA DA TARDE, Luis Buñuel
Ano 1967, França, DVD, 100 min, cor
13. A ÉPOCA DA INOCÊNCIA, Martin Scorsese
Ano 1993, EUA, DVD, 138 min, cor
14. ALDEIA DA ROUPA BRANCA, Chianca de Garcia
Ano 1939, Portugal, DVD, 84 minutos
15 - O BAILE, Ettore Scola
Ano 1982, Itália, DVD, 112 min, cor
16. O ANJO AZUL, Josef Von Sternberg
Ano 1930, Alemanha, DVD 94 min, PB
17. HISTÓRIAS DE ELLE, David Teboul
Ano 2005, França, 84 min, DVD, cor
18. COCO CHANEL & IGOR STRAVINSKY, Jan Kounen
Ano 2009, França, 119 min, DVD, cor
19. BRILHO DE UMA PAIXÃO, Jane CampionAno 2009, Inglaterra, 119 min, 35 mm
20- A ELEGANTE POLLY MAGGOO, William Klein
Ano 1966, França, 101 min, DVD, PB
21. LIQUID SKY, Slava Tsukerman
Ano 1982, URSS, 114 min, DVD, cor
22.A ÁRVORE DOS TAMANCOS, Ermanno Olmi
Ano 1978, Itália, 178 min, cor
23. MOULIN ROUGE - AMOR EM VERMELHO, Baz Luhrmann
Ano 2001, EUA, 127 min, DVD, cor, 12 anos. Curador: Gregório Kramer

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Louis Vuitton - Stop Motion - Walking in Fabrizio Viti Shoes

Filmes que influênciaram a moda em 2011

1. Melancolia - ultra romântico

2. Meia-Noite em Paris - retrô chic


3. A Pele que Habito - androginia


O modelo sérvio Andrej Pejic de apenas 19 anos

4. Inquietos - preppy chic

5. Bravura Indômita -folk urbana

Até sexta feira- postarei mais...

Dior "Lady Grey London" Handbag Campaign


Cinematographic fashion campaign for the Lady Dior Handbag. Art direction by John Galliano

O Portal WGSN listou 10 filmes fashion de 2012

O Portal de tendências WGSN listou 10 filmes que vão estrear nas telonas em 2012 e prometem dar o que falar na moda, ou pelo figurino impecável ou por alguns detalhes que podem influenciar os fashionistas.
Charlize Theron e Kristen Stewart em Branca de Neve
1. O Grande Gatsby: Com Leonardo DiCaprio, Tobey Maguire e Carey Mulligan, o remake do clássico de F Scott Fitzgerald será cheio de vestidos da década de 1920, com cintura baixa.
2. On the Road: Filme do brasileiro Walter Salles baseado no clássico homônimo da literatura beat, de Jack Kerouac, que foi lançado em 1958. Conta a história de um aspirante a escritor que atravessa os Estados Unidos pedindo carona. O elenco, que inclui Kristen Stewart, vai mostrar um visual despojado, com muita camisa sobre camiseta, all star e calça cigarette.
3. O Cavaleiro das Trevas Ressurge: o novo Batman, de Christopher Nolan, terá Anne Hathaway como um dos hits, toda vestida de couro, como Mulher Gato.
4. Os Vingadores: Dirigido por Joss Whedon, o filme que vai trazer a reunião dos principais heróis da Marvel, unidos para salvar a Terra de aliens invasores. No elenco: Scarlett Johansson (Viúva Negra), Chris Evans (Capitão América), Chris Hemsworth (Thor) e Robert Downey Jr (Homem de Ferro).
5. Jogos Vorazes: Jogos Vorazes é ambientado em Panem, uma nação apocalítica que ocupou o lugar dos Estados Unidos. Dividido em doze distritos pobres, Panem é cenário de uma batalha anual, transmitida pela televisão, na qual um menino e uma menina de cada distrito precisam lutar até a morte. Jennifer Lawrence e Elizabeth Banks estão no elenco. Calças cargo, coletes utilitários e muitas peças cáqui e de couro serão destaque no figurino.
6. Rock of Ages: Baseado em um musical homônimo da Broadway, o filme tem direção de Adam Shankman, o mesmo de Hairspray. Conta a história de um jovem músico do interior chamado Drew (Diego Boneta), que chega a Hollywood nos anos 80 e se apaixona por Sherrie (Julianne Hough). Mas ela também chama a atenção de Stacee Jaxx (Tom Cruise), um arrogante rockstar no auge da carreira. Catherine Zeta Jones também está no elenco.
7. Prometheus: Charlize Teron e Patrick Wilson estão na ficção científica assinada por Ridley Scott, que tem sido chamada de continuação (ou prequel) de Alien.
8. Dirty Dancing: Remake do filme que fez sucesso em 1987, com Patrick Swayze no papel principal, promete! Deve estrear apenas em 2013.

9. Iron Lady: Cinebiografia da ex-primeira ministra britânica Margaret Thatcher, que será interpretada por Meryl Streep. Tailleurs, colares de pérolas e broches de brilhantes em alta.

10. Branca de Neve (Snow White and the Huntsman): O conto de fadas, que trará Kristen Stewart, Charlize Theron e Chris Hemsworth, promete encher os olhos com um figurino medieval, à lá Joana D’Arc.

domingo, 4 de setembro de 2011

Novo filme de Almodóvar


The Skin That I Live In (La Piel que Habito) tem estréia marcada para outubro, que traz Antonio Bandeiras como Dr. Robert Ledgard, um médico que tenta recriar pele sintética em seu laboratório caseiro após sua esposa ter morrido queimada em um acidente de carro.
Uma mistura maluca de suspense com algum tipo de tara sexual bizarra.


sábado, 3 de setembro de 2011

Filme "Somos tão jovens"


O filme previsto para o primeiro semestre de 2012 retrata a juventude e início da carreira do cantor Renato Russo (interpretado por Thiago Mendonça), compositor e líder da banda Legião Urbana.
Revelando um rapaz de Brasília, no final da ditadura, que criou verdadeiros hinos da juventude dos anos 80 que continua a ser passada de geração por geração, Giuliano Manfredini filho de Renato de 22 anos irá participar do longa dirigido por Antonio Carlos Fontoura.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Filme MELANCOLIA





Do mesmo diretor de Anticristo, Lars von Trier estreou no Brasil seu filme chamado Melancolia no dia 5 de agosto. Uma ótima dica para este final de semana!


Sinopse: No filme Melancolia (Melancholia), Kirsten Dunst e Charlotte Gainsbourg interpretam irmãs cujas vidas se distanciam enquanto o universo se desmancha espetaculamente naquilo que Van Trier descreve como "um belo filme sobre o fim do mundo".

Nem o casamento entre Justine (Kirsten D.) e Michael (Alexander S.) serve como desculpa para aproximá-las e, depois da cerimônia, Justine começa a ficar triste e melancólica. Quando o anúncio sobre a colisão da Terra com outro planeta chega ao conhecimento, as reações são bem diferentes. Justine está conformada, enquanto o desespero do iminente fim apavora Claire.


Cenas do filme Melancolia:



quinta-feira, 25 de agosto de 2011

+Moda: Curso de Editoriais de Moda

+Moda: Curso de Editoriais de Moda: EDITORIAIS DE MODA – 40/H Aperfeiçoa o profissional na utilização de ferramentas e rotinas de trabalho; planejamento de estratégias globai...

sábado, 20 de agosto de 2011

Amostra de Cinema contra Aids no Centro Cultural de São Paulo (CCSP) e no Cine Olido




Começou ontem a Sétima Cinema Mostra Aids com filmes que colocam em debate o tema que hoje afeta três milhões de pessoas por ano.Serão exibidos 20 títulos com curtas-metragens, documentários e filmes ficcionais a mostra vai até o dia 25 de agosto e a entrada custa apenas R$ 1. Organizada em parceria com o Grupo Pela Vida/SP e o Programa Estadual de DST/Aids.


Algumas fotos de cenas dos filmes apresentados na Mostra:


Cena do filme O meu amigo Claudia:



Cena do filme Act Up:

Cena do filme Dzi Croquettes:

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Festival de Curtas-Metragens terá o tema: MODA


No dia 25 de agosto até 2 de setembro em São Paulo haverá O Festival de Curtas-Metragens, o programa chama-se "Fashion Curtas", os filmes apresentados são criados por estilistas e cineastras.
No total serão exibidos 400 filmes do Japão, Alemanha, Reino Unido, Estado Unidos, Coreia do Sul e muito mais!
O evento será gratuito, por isso a organização recomenda chegar cedo para garantir o seu lugar.

Alguns dos curtas apresentados serão:
"A Velocidade e a Pedra" de Igor Zimmermann, Frode Fjerdingstad e Marcus Palmqvist.

"We love neon" de Ed Andrade e Camila Levy e fotografia de Rodrigo Pessoa.


"Missoni" dirigido pelo Kenneth Anger.


"Deep Inside" estrelado por Alice Braga e dirigido pelo fotógrafo Jacques Dequeker.


"Tóxico" de Christiano Metri para Alexandre Herchcovich.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Editorial "Meia Noite em Paris"

Urban Look apresenta a vocês o backstage do editorial “Meia Noite em Paris”. Uma produção do Curso Livre - O pensamento visual na moda - Centro universitário Belas Artes... Em breve vocês poderão conferir o editorial completo, mas por enquanto fica o gostinho desse trabalho incrível baseado na década de 20 em contraste com nosso presente.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

domingo, 10 de julho de 2011

Chanel - Cruise 2012 | The Tale of a Fairy The Short Film by Karl Lagerf...

Chanel Cruise 2012 - The Tale of a Fairy by Karl Lagerfeld: Preview

Rencontrer - A Fashion Film

Rencontrer - A Fashion Film

Rencontrer - A Fashion Film

Rencontrer - A Fashion Film

Nowness' short film, 'How You Look At It'

Nowness' short film, 'How You Look At It'

Fashion Film - Hayley by Mike Lewis

Fashion Film - Hayley by Mike Lewis

FILM FASHION - Ricardo Almeida Fashion Film.mov

quarta-feira, 29 de junho de 2011

SCINTILLATION

SCINTILLATION from Xavier Chassaing on Vimeo.

Yasmin Bawa Fashion Film 2011

Yasmin Bawa Fashion Film 2011 from Liam Simpson on Vimeo.


Director/Editor - Liam Simpson

Director of Photography - Nicholas Peel

Designer - Yasmin Bawa

Make Up/Hair - Jutheanne Cruz & Tammy Nguyen

Still Photography - David Barr

Production Co-ordinators - Mark & Claire Simpson

Models - Evie Grange-Cook, Lomig Joliff, Linnea Landin & Simon Tuit

Music - Asobi Seksu - Thursday (Acoustic at Olympic Studios)

sábado, 28 de maio de 2011

Louis Vuitton coleção foi inspirada no filme Porteiro da Noite (1974).- Paris Fall 2011 / Winter 2012



Começaram a ser divulgadas as primeiras imagens da tão aguardada campanha de Outono/Inverno 2012 da Louis Vuitton, chegará até o público em agosto.

A coleção foi inspirada no filme Porteiro da Noite (1974). As fotos são de Steven Meisel, e contam com as modelos: Daphne Groeneveld, Nyasha Matonhodze, Zuzanna Bijoch, Anaïs Pouliot Fei Fei Sun e Gertrud Hegelund

maquiagem de Pat McGrath
cabelo de Guido Palau
styling de Karl Templer

segunda-feira, 9 de maio de 2011

segunda-feira, 4 de abril de 2011

No Age Collaborate With Rodarte

Rodarte: States of Matter from MOCA on Vimeo.



LA-based band No Age have collaborated with Rodarte by producing the eery, droning score for their short video called "Rodarte: States of Matter". The film is narrated by Kate and Laura Mulleavy - the designers behind the brand - and gives us a look at their first solo exhibition on the West Coast - in MOCA's Pacific Design Center.

The show features more than 20 pieces from Rodarte's Spring 2010, Fall 2010, and Fall 2008 runway collections, as well as original ballet costumes designed by Rodarte for Darren Aronofsky's feature film Black Swan.

This is the second time No Age have worked with Rodarte, having previously scored their short film "Aanteni".

editorial Doce Picadeiro

veja o resultado aqui: Culture-se - Doce Picadeiro
Ficha Técnica:


Styling: Laís Schneider e Débora Euzébio.
Produção de cena: Amanda Barros e Luciane Biondo
Assistente de Produção: Letícia Gonçalves

Catering: Priscila Miléo

Fotógrafo: Nati Canto
Make/hair: Marco Teixeira

Casting: Bruna Reis e Arthur Gonçalves

Locação: Circo Di Nápoli

Orientadora do editorial: Jô Souza - http://visibilidadenamoda.blogspot.com

terça-feira, 29 de março de 2011

FILMS | YOHJI YAMAMOTO: THIS IS MY DREAM OFFICIAL TRAILER


terça-feira, 29 de março de 2011
sonhando...

No final da semana passada foi liberado o trailer de “Yohji Yamamoto: This Is My Dream”. O documentário de Theo Stanley acompanha o processo criativo do designer no desenvolvimento da coleção SS10, da Y-3, para Adidas.

FILMS | YOHJI YAMAMOTO: THIS IS MY DREAM OFFICIAL TRAILER


terça-feira, 29 de março de 2011
sonhando...

No final da semana passada foi liberado o trailer de “Yohji Yamamoto: This Is My Dream”. O documentário de Theo Stanley acompanha o processo criativo do designer no desenvolvimento da coleção SS10, da Y-3, para Adidas.

quarta-feira, 23 de março de 2011

MODA E CINEMA: ELIZABETH TAYLOR - ETERNA DIVA DO CINEMA - 1932/20...

MODA E CINEMA: ELIZABETH TAYLOR - ETERNA DIVA DO CINEMA - 1932/20...: "LizTaylor Prêmios OSCAR Ganhou Melhor Atriz - Disque Butterfield 8 Melhor Atriz - Quem Tem Medo de Virginia Woolf? Prêmio Humanitário Jea..."

ELIZABETH TAYLOR - ETERNA DIVA DO CINEMA - 1932/2011

LizTaylor



Prêmios
OSCAR
Ganhou
Melhor Atriz - Disque Butterfield 8
Melhor Atriz - Quem Tem Medo de Virginia Woolf?
Prêmio Humanitário Jean Hersholt - 1993

Indicações
Melhor Atriz - A Árvore da Vida
Melhor Atriz - Gata em Teto de Zinco Quente
Melhor Atriz - De Repente, no Último Verão

GLOBO DE OURO
Ganhou
Melhor Atriz - Drama - De Repente, no Último Verão
Prêmio Cecil B. DeMille - 1985

Indicações
Melhor Atriz - Drama - Disque Butterfield 8
Melhor Atriz - Drama - Quem Tem Medo de Virginia Woolf?
Melhor Atriz - Drama - Meu Corpo em Tuas Mãos

BAFTA
Ganhou
Melhor Atriz Britânica - Quem Tem Medo de Virginia Woolf?

Indicações
Melhor Atriz Estrangeira - Gata em Teto de Zinco Quente
Melhor Atriz Britânica - A Megera Domada

FRAMBOESA DE OURO
Indicação
Pior Atriz Coadjuvante - The Flintstones - O Filme

FESTIVAL DE BERLIM
Ganhou
Melhor Atriz - Unidos pelo Mal

ELIZABETH TAYLOR,1948




The Sandpiper (1965) - Elizabeth Taylor and Richard Burton


Elizabeth Taylor - Thing of Beauty

http://veja.abril.com.br/historia/crise-dos-misseis/cinema-cleopatra-elizabeth-taylor.shtml

http://www.adorocinema.com/atores/elizabeth-taylor/

quinta-feira, 3 de março de 2011

CICLO SEMIÓTICA, CINEMA E ESPAÇO URBANO : 10, 16, 18, 21, 23, 24, 25 e 30/03 das 18:00 às 22:30 hs

CENTRO DE PESQUISAS SOCIOSSEMIÓTICAS - CPS

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo:
Pós-graduação em Comunicação e Semiótica


tem o prazer de convidá-los para participar do

CICLO SEMIÓTICA, CINEMA E ESPAÇO URBANO

10, 16, 18, 21, 23, 24, 25 e 30/03 das 18:00 às 22:30 hs

A atividade é gratuita e há certificado para os inscritos

Oito filmes estrangeiros e brasileiros foram escolhidos para exibição neste
Ciclo que tem o propósito de situar questões das grandes cidades com
as suas práticas de vida e modos de presença dos seus habitantes na
cotidianidade urbana, a fim de permitir uma contextualização das principais
problemáticas em torno da visibilidade da cidade, do habitante, das formas de vida e de sociabilidade. As projeções serão seguidas por uma série de debates que visa a estimular os trabalhos de pesquisa do Centro de Pesquisas Sóciossemióticas

- CPS. Os filmes selecionados para análise fornecerão elementos para o trabalho metodológico de um estudo mais amplo da presença da cidade de São Paulo no audiovisual. Trata-se de contextualizar as estruturações urbanas de certas cidades para nelas analisar a construção das noções de centro e periferia, de global e local, assim como de público e privado, além dos valores para estudo das experiências de vida. Nos filmes escolhidos, a cidade não é abordada só como cenário de experiências que aloca, mas também assume uma ação de sujeito que faz os habitantes fazer e ser. Cada sessão será seguida de um debate com especialistas e com a participação de pesquisadores, universitários e curiosos que se interessam
por esse temário da metrópole contemporânea.

OrganizaçãO: PrOfa. Dra. ana ClaUDia De Oliveira (PUC-SP: COS/CPS)
COnviDaDOS eSPeCiaiS: PrOf. Dr. PierlUigi Cervelli (UniverSità SaPienza De rOma) lUCianO ramOS (CrítiCO CinematOgráfiCO, PeSqUiSaDOr DO CPS, PóS graDUanDO Da UniCamP: mUltimeiOS).

10/03: “gaviõeS e PaSSarinhOS” (Uccellacci e uccellini - 1969),

direção de Pier Paolo Pasolini. Auditório 100




16/03: “feiOS, SUjOS e malvaDOS” (Brutti, Sporchi e cattivi -1976),

direção de Ettore Scola. Auditório 134
C

18/03: “gOmOrra” (Gomorrah - 2008),
direção de Matteo Garrone. Auditório 134 C



21/03: “a zOna DO Crime” (La Zona - 2007),
direção de Rodrigo Plà. Auditório 134 C


23/03: “COntra tODOS” (2005),
direção de Roberto Moreira. Auditório 134 C

24/03: “nãO POr aCaSO”,
direção de Philippe Barcinski. Auditório 100

25/03: “OS DOze trabalhOS”,
direção de Ricardo Elias. Auditório 134 C



30/03: “O SignO Da CiDaDe” (2008),
direção de Ricelli. Auditório 134 C


Com certificado 70% de participação
Inscrição: Email: sil.Alencar@gmail.Com

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Editorial: “A loucura finge que isso tudo é normal” Inspirado no filme: Um crime Americano - DIREÇÃO: Tommy O ’Haver ANO: 2007


Editorial: “A loucura finge que isso tudo é normal”
O editorial desta semana foi produzido pelos alunos da disciplina Produção de Editorial, da Faculdade de Moda da UNIFMU e ministrado pela professora Jô Souza. No primeiro editorial infantil publicado aqui no Culture-se, a modelo usa em todas as fotos os vestidos das marcas You, Luluzinha e Zara; os boleros: Puc e Santa Bagunça; as sapatilhas: 123, Pampili e meia calça lobinha. Confira.


Aqui o editorial completo:


Ficha Técnica:

Styling: Fabiana Saragoça, Katia Zancra e Leícia Sollér Email: fabigueti@gmail.com
Produção de moda: Fabiana Saragoça, Jéssica Caran
Assistente de Produção: Michelle Gomes
Fotógrafo: Nati Canto http:www.naticanto.com
Make/hair: Fernando Copelli
Casting: Isabela Romancini ( Nini Casting)
Locação: Bar O Velhão – Mairiporã/SP
Orientadora do editorial: Jo Souza


quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

MULHERES NA DIREÇÃO - CINEMATECA - 02 a 30 de março de 2010

Neste mês de março, em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, a Cinemateca Brasileira dedica sua programação a um amplo panorama do cinema feito por mulheres, exibindo obras de cineastas fundamentais de todas as gerações. A retrospectiva é oportuna não apenas por conta da proximidade desta efeméride, mas também porque a questão das mulheres cineastas está em grande evidência devido à indicação ao Oscar deste ano conquistada por Kathryn Bigelow – que é apenas a quarta mulher a ser indicada ao prêmio de Melhor Direção e a primeira a chegar à cerimônia (realizada no dia 7 de março) com reais condições de levar o prêmio. Antes dela, concorreram apenas Sofia Coppola, Jane Campion e Lina Wertmüller.


Até meados dos anos 1960, a presença de mulheres na direção de longas-metragens era uma raridade. E foi apenas no final dos anos 1980, com a emergência de diretoras que conseguiam aliar prestígio e sucesso comercial, particularmente nos Estados Unidos, na Alemanha, na Itália e na França, que a situação mudou e as mulheres atrás das câmeras deixaram de ser vistas apenas como uma excentricidade. A história das mulheres cineastas, no entanto, é bem mais antiga: remonta ao início do cinema, mais precisamente ao ano de 1896, quando a francesa Alice Guy-Blaché assinou uma das primeiras obras de ficção do cinema, o curta-metragem La fée aux choux. Durante as décadas seguintes, bem poucas diretoras – como Ida Lupino e Dorothy Arzner – conseguiram penetrar o rígido esquema de produção dos grandes estúdios. Mas este período foi marcado também pelo surgimento de artistas que conseguiram se afirmar pela qualidade e originalidade de seu trabalho: as alemãs Leni Riefenstahl, que revolucionou a estética do documentário, e Lotte Reiniger, pioneira da animação; as norte-americanas Maya Deren e Shirley Clarke e as francesas Germaine Dulac e Agnès Varda, todas responsáveis por obras profundamente autorais e inovadoras, que marcaram as vanguardas cinematográficas.

Classificação indicativa: 12 anos
qua 10 21h15 | sáb 13 19h00

SITE: http://www.cinemateca.gov.br/programacao.php?id=4

MEUS FAVORITOS:

Cléo das 5 às 7 (Cléo de 5 à 7), de Agnès Varda ***
França/Itália, 1962, 35mm, pb/cor, 90’ | Exibição em 16mm | Legendas em português
Corinne Marchand, Antoine Bourseiller, Dominique Davray, Dorothée Blank
Os questionamentos de uma jovem cantora solteira que vagueia sem rumo pela ruas de Paris enquanto aguarda, por duas horas, o resultado de uma biopsia. Obra-prima precursora da Nouvelle Vague, o filme apresenta uma crônica de duas horas cruciais na vida de uma mulher, ao mesmo tempo em que retrata as mudanças de comportamento e do papel da mulher na sociedade em curso na França dos anos 1960. Trilha sonora de de Michel Legrand.
Classificação indicativa: 14 anos
qui 04 21h00 | sáb 06 19h00


Danzón – Meu amor perdido (Danzon), de Maria Novaro ****
México/Espanha, 1991, 35mm, cor, 120’ | Legendas em português
María Rojo, Carmen Salinas, Tito Vasconcelos, Margarita Isabel, Víctor Carpinteiro, Blanca Guerra
Telefonista descasada na Cidade do México divide seu tempo entre seu emprego, sua filha e uma boate para onde vai semanalmente praticar a ‘danzon’, uma dança cubana muito popular na América Central. Quando seu parceiro de dança, que ela mal conhece, desaparece sem deixar rastro, ela decide partir em sua procura e ruma para a cidade de Veracruz, única pista de seu paradeiro. Lá, irá envolver-se em aventuras e descobrir a vida marginal da cidade portuária. Um dos mais populares filmes de María Novaro, a mais conhecida diretora de cinema do México.
Classificação indicativa: 14 anos
ter 09 21h00 | sex 12 18h30

Um dia de rainha (Reines d'un Jour), de Marion Vernoux ****
França, 2001, 35mm, cor, 96' | Legendas em português
Karin Viard, Hélène Fillières, Victor Lanoux, Jane Birkin, Atmen Kelif, Clémentine Célarié, Sergi Lopez
Comédia que acompanha, durante 24 horas, as desventuras amorosas de cinco personagens cujas histórias se entrelaçam e afetam o destino de cada um. Uma rede de atrações entre homens e mulheres, alguns velhos conhecidos, outros que se encontram por acaso, na qual uns querem tirar proveito da situação, outros acabam perturbados, e todos jogam com o inesperado. A diretora Marion Vernoux é conhecida também como roteirista do sucesso Instituto de beleza Vênus.
Classificação indicativa: 14 anos
dom 14 17h00 | qua 17 19h00

É proibido fumar, de Anna Muylaert
São Paulo, 2009, 35mm, cor, 86’
Glória Pires, Paulo Miklos, Marisa Orth, André Abujamra, Antonio Abujamra, Paulo César Peréio, Pitty, Marcelo Mansfield, Lourenço Mutarelli, Marat Descartes, Alessandra Colassanti
Professora de violão vive sozinha e entediada no apartamento que herdou da mãe, desejando secretamente viver uma grande paixão. Com a mudança de um músico de bar para o apartamento vizinho ao seu, ela tem a chance de realizar seu sonho. Mas, para que o romance dê certo, ela terá que abrir mão de seu mais antigo companheiro, o cigarro, já que o músico, ex-fumante, exige que ela abandone seu vício. Comédia romântica da mesma diretora de Durval Discos.
Classificação indicativa: 16 anos
sex 19 21h00 | dom 21 19h00

O

Ensemble for somnambulists, de Maya Deren
EUA, 1951, 35mm, pb, 7’ | Exibição em DVD | Silencioso
Dançarinos de balé realizam uma coreografia como se estivessem flutuando no espaço, brilhando como estrelas num céu escuro. Espécie de versão preliminar de um curta que viria a ser lançado três anos depois, The very eye of night, este fragmento não chegou a ser exibido ou lançado enquanto Maya Deren era viva, mas foi restaurado e passou a integrar o pequeno rol de filmes experimentais desta artista visual revolucionária. Produzido enquanto Deren ministrava um workshop na Toronto Film Society, o filme exemplifica a poesia e o uso da coreografia que marcaram algumas de suas mais notórias obras.
Classificação indicativa: Livre
dom 14 15h00 | ter 16 21h00

Entardecer (Nachmittag), de Angela Schanelec
Alemanha, 2007, 35mm, cor, 97’ | Exibição em DVD | Legendas em português
Jirka Zett, Miriam Horwitz, Angela Schanelec, Fritz Schediwy, Mark Waschke, Katharina Linder
Atriz de teatro vai para sua casa de campo, nas proximidades de Berlim, onde moram seu irmão mais velho e seu sobrinho. Durante três dias neste cenário aparentemente idílico, os personagens deixam aflorar seus traumas e frustrações e os conflitos familiares vêm à tona. Adaptação livre e pessoal da clássica peça de teatro A gaivota, de Anton Tchekov, transposta para a Alemanha contemporânea por uma das mais singulares vozes do cinema alemão contemporâneo. Ex-atriz teatral de grande prestígio, Schanelec realizou cinco longas-metragens marcados pela oralidade e pela beleza plástica, advinda de um cuidado extremo com a luz natural, além de toques sempre autobiográficos e mesmo feministas.
Classificação indicativa: 14 anos
qua 03 21h00 | dom 07 19h00

India song, de Marguerite Duras
França, 1975, 35mm, cor, 120’ | Exibição em 16mm | Legendas em português
Delphine Seyrig, Michael Lonsdale, Mathieu Carrière, Claude Mann, Vernon Dobtcheff, Didier Flamand
Uma história de amor entre franceses vivida na Índia, nos anos 30, numa cidade super populosa às margens do Ganges. A estação é a da monção de verão. Quatro vozes sem rosto falam dessa história de amor entre um homem e uma mulher, imobilizada na culminância da paixão. A mulher é a esposa de um embaixador da França nas Índias. O homem, o Vice-cônsul da França em Lahore, em desgraça em Calcutá, onde foi acusado de assassinato. Durante uma recepção na Embaixada da França o malfadado Vice-cônsul gritará seu amor por ela, diante dos olhos da Índia branca. Obra-prima da diretora, fotógrafa, roteirista e escritora Marguerite Duras, que exemplifica à perfeição seu estilo único, profundamente literário e reflexivo.
Classificação indicativa: 14 anos
ter 02 21h00 | dom 07 16h30

Irmãs ou a balança da felicidade (Schwestern oder die balance des glücks), de Margarethe von Trotta
Alemanha, 1979, 35mm, cor, 95’ | Exibição em 16mm | Legendas em português
Jutta Lampe, Gudrun Gabriel, Jessica Früh, Konstantin Wecker
Uma bem-sucedida secretária executiva financia os estudos de sua irmã, na esperança de que ela obtenha o mesmo sucesso profissional em sua carreira. A jovem, no entanto, não dá a mínima importância às pressões da irmã mais velha. Uma das mais famosas atrizes do período chamado de “Novo cinema alemão”, Margarethe von Trotta iniciou-se como cineasta em 1975, ao co-dirigir A honra perdida de Katharina Blum com Volker Schlöndorff, então seu marido. Entre os longas-metragens que dirigiu sozinha, destacam-se Die bleierne Zeit, com o qual venceu o Leão de Ouro do Festival de Veneza de 1981, Os anos de chumbo e Rosa Luxemburgo.
Classificação indicativa: 14 anos
qui 25 19h00 | sáb 27 20h30

Julie & Julia, de Nora Ephron
EUA, 2009, 35mm, cor, 123’ | Legendas em português
Meryl Streep, Amy Adams, Stanley Tucci, Chris Messina, Linda Emond, Jane Lynch, Casey Wilson
A história real de Julie Powell, novaiorquina que, insatisfeita com seu emprego no governo, decide escrever um blog narrando sua experiência ao tentar cozinhar diariamente todas as quase 500 receitas culinárias do livro Mastering the art of French cooking, da renomada Julia Child, ‘chef’, escritora e apresentadora de TV de grande popularidade nos Estados Unidos durante as décadas de 1950 e 1960. Por sua precisa interpretação de Child – cuja trajetória é apresentada paralelamente à de Powell – neste filme, Meryl Streep conquistou o 7º Globo de Ouro de sua carreira e a sua 26ª indicação ao Oscar. Já a diretora Nora Ephron destacou-se inicialmente na condição de roteirista de sucessos como Harry e Sally – Feitos um para o outro, A difícil arte de amar e Silkwood. Seu primeiro longa-metragem de relevância como diretora foi a comédia romântica Sintonia de amor.
Classificação indicativa: 12 anos
qui 18 21h00 | dom 21 15h00

Leni Riefenstahl, a deusa imperfeita (Die Macht der Bilder: Leni Riefenstahl), de Ray Müller
Alemanha/Inglaterra/França/Bélgica, 1993, 35mm, cor/pb, 182’ | Legendas em português
Em 1933, com o sucesso de seu filme Das Blaue Licht, a jovem Leni Riefenstahl, linda e glamurosa, parecia fadada ao estrelato internacional. Por insistência de seu ardente admirador Adolf Hitler, ela dirigiu O triunfo da vontade, que acabou se tornando um símbolo do Terceiro Reich e levando-a à condição de cineasta oficial do Partido Nazista, para o qual realizou também a obra-prima Olympia. Este audacioso documentário refaz o caminho da ascensão, queda e reabilitação desta polêmica personalidade, desde seus primórdios como uma ousada atriz até sua atual carreira como fotógrafa submarina, incluindo raras imagens de arquivo. Em entrevista ao realizador, Riefenstahl se confronta com questões que a perturbaram no passado e, pela primeira vez, suas respostas revelam porque a “a deusa do cinema do Terceiro Reich” é tão odiada e amada até hoje.
Classificação indicativa: 14 anos
sex 19 16h30 | sáb 27 15h00

Malou, de Jeanine Meerapfel
Alemanha Ocidental, 1981, 35mm, cor, 93’ | Exibição em DVD | Legendas em espanhol
Ingrid Caven, Grischa Huber, Helmut Griem, Ivan Desny, Marie Colbin, Peter Chatel
Uma mulher casada na faixa dos 30 enfrenta sérios problemas de identidade e decide buscar as causas em seu próprio passado. Ela deixa o marido para procurar os lugares que foram determinantes na vida de sua mãe, Malou, ex-prostituta e cantora de cabaré e exemplo típico da mulher convencional, que só vive em função do amor e da admiração dos homens. Trabalhando sobre um material de traços fortemente autobiográficos, a diretora Jeanine Meerapfel, nascida na Argentina, apresenta aqui um libelo contra a repressão de traumas passados e contra a opressão feminina.
Classificação indicativa: 14 anos
ter 02 19h00 | sáb 06 21h00

A música e o silêncio (Jenseits der stille), de Caroline Link
Alemanha, 1996, 35mm, cor, 109’ | Exibição em DVD | Legendas em português
Sylvie Testud, Tatjana Trieb, Howie Seago, Emmanuelle Laborit, Sibylle Canonica, Matthias Habich
Jovem de grande talento musical quer deixar a pequena cidade bávara onde vive com seus pais para estudar música em Berlim. Para fazer isso, contudo, ela terá que abrir mão de cuidar deles – que são surdos-mudos e contam com ela, desde a mais tenra idade, para servir-lhes de intérprete. Bem recebido pelo público e pela crítica, o filme foi indicado como representante alemão para concorrer ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro – prêmio que a diretora Caroline Link viria a conquistar em 2001, com o longa-metragem Lugar nenhum na África.
Classificação indicativa: 12 anos
ter 09 19h00 | sáb 13 16h00

Mutum, de Sandra Kogut
Brasil/França, 2007, 35mm, cor, 95’
Thiago da Silva Mariz, João Miguel, Izadora Fernandes, Wallison Felipe Leal Barroso, Rômulo Braga
Mutum é um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde se passa a história do menino Thiago e sua família. Thiago tem dez anos e é um menino diferente dos outros. É através do seu olhar que enxergamos o mundo nebuloso dos adultos, com suas traições, violências e silêncios. Ao lado de Felipe, seu irmão e único amigo, Thiago será confrontado com este mundo, descobrindo-o ao mesmo tempo em que terá que aprender a deixá-lo. Baseado na obra Campo geral, de João Guimarães Rosa, foi vencedor do prêmio de Melhor Filme no Festival do Rio em 2007 e de Menção Especial no 58º Festival de Berlim, em 2008.
Classificação indicativa: Livre
qua 24 21h00 | dom 28 15h00

Noites sem dormir (J'ai pas sommeil), de Claire Denis
França/Suíça, 1994, 35mm, cor, 110’ | Legendas em português
Yekaterina Golubeva, Richard Courcet, Vincent Dupont, Beatrice Dalle, Line Ranaud, Alex Descas
É verão em Paris e as autoridades estão preocupadas com uma série de assassinatos de velhas senhoras solitárias, atacadas nas proximidades da Basílica de Sacre Coeur. Ninguém é capaz de encontrar o serial killer, que fica conhecido como “Matador de vovós”. Neste cenário, surge uma jovem atriz que emigrou da Lituânia à procura de emprego e se envolve com um músico e seu irmão, um dançarino travesti – que podem estar envolvidos com os crimes. Autora que vem conquistando uma posição de merecido destaque no cinema contemporâneo mundial, Claire Denis tem entre seus filmes mais marcantes Desejo e obsessão, White material e 35 doses de rum.
Classificação indicativa: 14 anos
qui 25 21h00 | sáb 27 18h30

Ouvi as sereias cantando (I've heard the mermaids singing), de Patricia Rozema
Canadá , 1987, 35mm, cor, 81’ | Legendas em português
Sheila McCarthy, Paule Baillargeon, Ann-Marie McDonald, John Evans, Brenda Kamino, Richar Monette
O mundo das artes plásticas visto através dos olhos de uma jovem que vai trabalhar como secretária em uma prestigiada galeria em Toronto. Fascinada pela elegante curadora da galeria, ela observa e fotografa cada detalhe de sua vida. Mas a relação de adoração que mantém com sua chefe a leva a suprimir a sua própria capacidade criativa. O título do filme faz referência a um verso do poema A cançao de amor de J. Alfred Prufrock, de T.S. Eliot, no qual se lê: “I have heard the mermaids singing each to each/ I do not think that they will sing to me” (eu ouvi as sereias cantando uma para outra/ eu não acho que elas cantarão para mim). Da mesma diretora de O segredo do quarto branco e Palácio das ilusões, baseado em obra de Jane Austen.
Classificação indicativa: 14 anos
dom 14 15h00 | ter 16 21h00

O porteiro da noite (Il portiere di notte), de Liliana Cavani
Itália, 1974, 35mm, cor, 117’ | Legendas em português
Charlotte Rampling, Dirk Bogarde, Philippe Leroy, Gabriele Ferzetti, Giuseppe Addobbati
Treze anos após o término da II Guerra Mundial, uma sobrevivente de um campo de concentração encontra por acaso um ex-oficial nazista que a torturou e agora é porteiro de um hotel em Viena. Após esse encontro acidental, eles passam a reviver a estranha relação sadomasoquista que experimentaram na condição de torturador e vítima – e que se transforma agora numa ardente paixão. Trabalho mais famoso da diretora Liliana Cavani (de A pele e O retorno do talentoso Ripley), este filme lançou a atriz Charlotte Rampling ao estrelato internacional.
Classificação indicativa: 18 anos
qua 10 19h00 | sex 12 21h00

Procura-se amor em Barcelona (Gaudi afternoon), de Susan Seidelman
Espanha, 2000, 35mm, cor, 88’ | Legendas em português
Judy Davis, Marcia Gay Harden, Juliette Lewis, Lili Taylor, Christopher Bowen
Uma americana que vive em Barcelona como tradutora de livros é procurada por uma conterrânea que nada sabe de espanhol e precisa encontrar seu marido – o qual, supõe ela, está escondido na mesma cidade. Apesar de sua relutância inicial, ela aceita a proposta por uma grande soma de dinheiro e acaba se envolvendo numa trama repleta de reviravoltas que envolve identidades falsas, famílias que se cruzam e até um complô de seqüestro. Baseado num romance de Barbara Wilson. Da mesma diretora de Cookie e Procura-se Susan deseperadamente.
Classificação indicativa: 14 anos
sex 19 19h00 | dom 21 17h15

O quadro negro (Takhté siah), de Samira Makhmalbaf
Irã/Itália/Japão, 2000, 35mm, cor, 85’ | Legendas em português
Said Mohamadi, Behnaz Jafari, Bahman Ghobadi, Mohamad Karim Rahmati, Rafat Moradi, Mayas Rostami
Um grupo de professores, todos homens, atravessam os caminhos montanhosos de uma região remota do Curdistão Iraniano carregando grandes quadros negros às costas, viajando de cidade em cidade à procura de alunos. Ao afastar-se dos outros, um professor se depara com um grupo de adolescentes que se arriscam contrabandeando bens entre o Irã e o Iraque e tentar convencê-los das vantagens de aprender a ler e escrever. Filha do aclamado diretor iraniano Mohsen Makhmalbaf, Samira estreou na direção já aos 21 anos, com o elogiado A maçã.
Classificação indicativa: 12 anos
qua 10 21h15 | sáb 13 19h00

The secret of the marquise (Das Geheimnis der Marquisin), de Lotte Reiniger
Alemanha, 1921, 35mm, pb, 2’ | Exibição em DVD | Silencioso
Um grupo de aristocratas se indaga sobre as razões para pele de uma marquesa ser tão delicadamente branca. Desenho animado de curta-metragem, realizado por uma das maiores pioneiras do gênero, no qual ela exerce o estilo que a consagrou: a animação de silhuetas recortadas, inspirada no teatro de sombras chinesas.
Classificação indicativa: Livre
qua 24 21h00 | dom 28 15h00

Sweetie, de Jane Campion
Austrália/Nova Zelândia, 1989, 35mm, cor, 97’ | Legendas em português
Geneviève Lemon, Karen Colston, Tom Lycos, Jon Darling, Dorothy Barry, Michael Lake, Andre Pataczek
A história de duas irmãs de vinte e poucos anos às voltas com seus pais e sua família disfuncional. Uma delas tem sérias perturbações mentais, que são ignoradas pelos pais e prejudicam o desenvolvimento da sua irmã. Este filme foi responsável por revelar ao mundo o talento da diretora Jane Campion, que posteriormente dirigiu obras como Um anjo em minha mesa, Retratos de uma mulher e Fogo sagrado, além de ter sido a segunda mulher indicada ao Oscar de Melhor Direção – por O piano, em 1992.
Classificação indicativa: 14 anos
qui 11 19h00 | dom 14 21h00


A última amante (Une vieille maîtresse), de Catherine Breillat
França/Itália, 2007, 35mm, cor, 104’ | Legendas em português
Asia Argento, Fu'ad Ait Aattou, Roxane Mesquida, Claude Sarraute, Yolande Moreau, Michael Lonsdale, Anne Parillaud
Nos bastidores da aristocracia francesa, segredos, intrigas e traições cercam o casamento entre um jovem libertino, e uma honesta e refinada garota da nobreza. Apesar do verdadeiro amor entre os dois, a corte considera improvável que ele consiga romper seu longo envolvimento passional com uma cortesã. Dona de uma obra provocadora, na qual a sexualidade está sempre presente, a escritora e roteirista Catherine Breillat também dirigiu, entre outros, os longas-metragens Romance X e O Barba Azul.
Classificação indicativa: 14 anos
qui 18 19h00 | sáb 20 21h00

Vá aonde seu coração manda (Va’ dove ti porta il cuore), de Cristina Comencini
Itália/França/Alemanha, 1996, 35mm, cor, 110’ | Legendas em português
Virna Lisi, Margherita Buy, Galatea Ranzi, Massimo Ghini
Próxima da morte, uma matriarca entrega à sua neta seu longo diário. Através desse testamento sentimental, a jovem percorrerá as passagens fundamentais da história de sua família. Um dos mais famosos filmes da diretora italiana Cristina Comencini e um dos últimos da musa Virna Lisi.
Classificação indicativa: 14 anos
sex 05 18h30 | dom 07 21h00

A
A vida íntima de Pippa Lee (The private lives of Pippa Lee), de Rebecca Miller
EUA, 2009, 35mm, cor, 93’ | Legendas em português
Robin Wright Penn, Mike Binder, Alan Arkin, Keanu Reeves, Blake Lively, Julianne Moore, Winona Ryder, Ryan McDonald, Maria Bello, Monica Bellucci
A vida tranqüila de Pippa Lee, uma dona-de-casa que vive com a família num subúrbio de Nova York, entra em crise quando seu marido, um bem-sucedido editor de livros 30 anos mais velho que ela, decide se aposentar e arranja uma amante ainda mais nova que ela. Neste momento, ela passa a rever as escolhas que fez em sua vida – retratada em flashbacks que a mostram na infância e juventude. Filha do aclamado dramaturgo Arthur Miller e casada com o ator Daniel Day-Lewis, Rebecca Miller iniciou a carreira como atriz e escritora antes de tornar-se uma das mais prestigiadas diretoras e roteiristas do cinema independente norte-americano com filmes como O tempo de cada um e O mundo de Jack e Rose.
Classificação indicativa: 16 anos
qua 17 21h00 | sáb 20 19h00

CINEMATECA BRASILEIRA
Largo Senador Raul Cardoso, 207
próxima ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

Ingressos: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)
Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.

MEUS FAVORITOS PARA O OSCAR 2011

Melhor Filme

Cisne Negro
O Vencedor
A Origem
Minhas Mães e Meu Pai
O Discurso do Rei
127 Horas
A Rede Social
Toy Story 3
Bravura Indômita
Inverno da Alma

Melhor Ator
Javier Bardem - Biutiful
Jeff Bridges - Bravura Indômita
Jesse Eisenberg - A Rede Social
Colin Firth - O Discurso do Rei
James Franco - 127 Horas

Melhor Ator Coadjuvante
Christian Bale - O Vencedor
John Hawkes - Inverno da Alma
Jeremy Renner - Atração Perigosa
Mark Ruffalo - Minhas Mães e Meu Pai
Geoffrey Rush - O Discurso do Rei

Melhor Atriz
Annette Benning - Minhas Mães e Meu Pai
Nicole Kidman - Rabbit Hole
Jennifer Lawrence - Inverno da Alma
Natalie Portman - Cisne Negro
Michelle Williams - Blue Valentine

Melhor Atriz Coadjuvante
Amy Adams - O Vencedor
Helena Bonham Carter - O Discurso do Rei
Melissa Leo - O Vencedor
Hailee Steinfeld - Bravura Indômita
Jacki Weaver - Animal Kingdom

Melhor Animação
Como Treinar o Seu Dragão
O Ilusionista
Toy Story 3

Melhor Diretor

Darren Aronofsky - Cisne Negro
David O. Russell - O Vencedor
Tom Hooper - O Discurso do Rei
David Fincher - A Rede Social
Joel Coen e Ethan Coen - Bravura Indômita

Melhor Roteiro Original
Another Year
O Vencedor
A Origem
Minhas Mães e Meu Pai
O Discurso do Rei

Melhor Roteiro Adaptado
127 Horas
A Rede Social
Toy Story 3
Bravura Indômita
Inverno da Alma

Melhor Direção de Arte
Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte I
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Melhor Fotografia
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
A Rede Social
Bravura Indômita

Melhor Figurino


Alice no País das Maravilhas

Io sono l'amore (I Am Love)


O Discurso do Rei


The Tempest


Bravura Indômita


Melhor Documentário
Exit through the Gift Shop
Gasland
Trabalho Interno
Restrepo
Lixo Extraordinário

Melhor Documentário de Curta-Metragem
Killing in the Name
Poster Girl
Strangers No More
Sun Come Up
The Warriors of Qiugang

Melhor Edição
Cisne Negro
O Vencedor
O Discurso do Rei
127 Horas
A Rede Social

Melhor Filme Estrangeiro
Biutiful - México
Dente Canino - Grécia
Em um Mundo Melhor - Dinamarca
Incenderies - Canadá
Fora-da-Lei - Argélia

Melhor Maquiagem
Minha Versão Para o Amor
Caminho da Liberdade
O Lobisomem

Melhor Trilha Sonora
Como Treinar o Seu Dragão
A Origem
O Discurso do Rei
127 Horas
A Rede Social

Melhor Canção
Coming Home - Country Strong
I See the Light - Enrolados
If I Rise - 127 Horas
We Belong Together - Toy Story 3

Melhor Curta Animado
Day & Night
The Gruffalo
Let's Pollute
The Lost Thing
Madagascar, carnet de voyage (Madagascar, a Journey Diary)

Melhor Curta-Metragem
The Confession
The Crush
God of Love
Na Wewe
Wish 143

Melhor Edição de Som
A Origem
Toy Story 3
Tron: O Legado
Bravura Indômita
Incontrolável

Melhor Mixagem de Som
A Origem
O Discurso do Rei
Salt
A Rede Social
Bravura Indômita

Melhores Efeitos Especiais
Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte I
Além da Vida
A Origem
Homem de Ferro 2

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Culture-se - Chá da Tarde

Chá da Tarde
Editorial retrata uma mulher que vive em meados do século XVIII



O editorial se constitui na preparação para um chá da tarde. Retrata uma mulher que, vivendo sozinha num casarão em meados do século XVIII, passa por um trajeto em que escolhe o seu traje, se penteia, se admira. Esta espécie de ritual é feito de forma cuidadosa, com atenção aos detalhes, e com dedicação. É também vista num momento de distração, porém nos demais, se mostra polida e calma, com uma atitude blasé, cuja expressão mostra que é acostumada com a sofisticação e a vida requintada. O chá, acompanhado por doces e cupcakes, acontece em uma das últimas cenas, se iniciando às 5 horas da tarde, representando assim uma tradição inglesa.


Culture-se - Chá da Tarde

Site: http://www.culture-se.com/noticias/506

domingo, 20 de fevereiro de 2011

MODA E CINEMA: CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES - SP - CURSO LIVR...

MODA E CINEMA: CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES - SP - CURSO LIVR...: " CURSO: Conexõ..."

CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES - SP - CURSO LIVRE: CONEXÕES ENTRE MODA E CINEMA

                      CURSO: Conexões entre a Moda e o Cinema

Programa

História resumida do cinema contemporâneo com a moda; breve história da moda contemporânea; trechos selecionados de diversos filmes que serão discutidos, como “Coco Antes de Chanel”, de Anne Fontaine; “Zuzu Angel”, de Sergio Rezende; “A identidade de nós mesmos”, de Wim Wenders; “Histórias de Elle”, de David Teboul; “Maria Antonieta”, de Sofia Coppola; “A Tomada do Poder por Luiz XIV”, de Roberto Rossellini; “O Diabo Veste Prada”, de David Frankel; “Gomorra” de Matteo Garrone; “Doce Lar”, de Andy Tennant, entre outros.

Público-alvo

Estudantes, pesquisadores, professores e demais profissionais ligados às duas atividades abordadas, tais como jornalistas, administradores, publicitários etc.

Professores


Jô Souza

Especializada em Criação de Imagem e Styling de Moda Senac. Mestra do Programa em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP. Jô Souza é docente da Graduação em Criação e Gestão de Moda FMU-SP, além de lecionar na pós-graduação do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, UNIPAR, Panamericana-SP, tendo experiência na área de teatro, cinema, moda e comunicação.
Luciano Ramos

Redator do Programa Cinema Falado da Rádio USP. Autor do livro “Os Melhores Filmes Novos” (Editora Contexto – São Paulo - 2009). Doutorando em Multimeios pela Unicamp. Licenciado em Ciências Sociais pela USP. Editou o “Guia de Filmes” da Abril Cultural. Foi crítico de cinema no Jornal da Tarde, Folha de São Paulo, Rádio e TV Cultura. Na Rede Bandeirantes, comandou o Departamento de Cinema. Na FAAP é professor colaborador nos cursos de pós-graduação em Jornalismo Cultural e Crítica de Cinema.

INFORMÃÇÕES:http://www.belasartes.br/cursoslivres/?pagina=curso&curso=&codigo=410

Carga horária: 20 horas


Dia da semana: sábado

Período: 26 de março a 30 de abril

Horário: das 8h30 às 12h30

Investimento: R$ 336,00

Pagamento:

À vista, com desconto de 10%, ou em 2 vezes sem desconto

PINA - Tanzt, tanzt sonst sind wir verloren

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Miu Miu - The Powder Room


Zoe Cassavetes é a primeira a apresentar seu curta, The Powder Room, filmado no London Claridge Hotel. Como o título sugere, tudo se passa em um quarto de vestir, onde três (lindas) mulheres interagem enquanto fazem os retoques finais.
WWW.MIUMIU.COM/WTALES

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O editorial “Devaneio” tem como inspiração principal o filme “Foi Apenas um Sonho”, de Sam Mendes (EUA, 2008)

O editorial “Devaneio” tem como inspiração principal o filme “Foi Apenas um Sonho”, de Sam Mendes (EUA, 2008) que conta a história de um casal que se considerava especial na juventude, mas que com o passar dos anos percebem que seus sonhos se tornaram ilusões e que suas vidas se tornaram uma chata e entediante rotina. Nesse editorial narramos a história no ponto de vista da mulher, aonde seus desejos e sonhos se contrapõem com a realidade.
http://www.culture-se.com/noticias/486



Cenas do cotidiano de uma exímia dona de casa irão contestar a elegância e a beleza dessa mulher que anseia desesperadamente mudar, ser amada e realizada. Mas em determinado momento a realidade vem a tona e o confronto com esse fato será doloroso e incerto.

Tivemos como foco a década de 50, onde a elegância das divas do cinema inspira uma devastadora combinação de ingenuidade e sensualidade e que será observada nos looks da modelo, com marcas ícones de sofisticação e elegância.

Aqui o resultado do ensaio: http://www.culture-se.com/noticias/486

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Culture-se - Devaneio

link: Culture-se - Devaneio

FICHA TÉCNICA

Disciplina: Pesquisa e Projeto de Moda – GRADUAÇÃO DE GESTÃO DE MODA DA UNIFMU

Docente: Jô Souza

Fotógrafa: Daniel Malva- http://www.danielmalva.com.br/blog/main/

Assistente de fotografia: Renata Gomes e Thaissa Santana

Make/Hair: Alessandro Tierni

Casting: Sarah Frank Rossner (Way Model)

Produção de moda e styling: Amanda Marche Fabiana Farias, Karina Conte, Mônica Alcalá, Priscila Ferreira, Renata Gomes e haissa Santana

Locação: Sitio Suzano, SP

Editorial Devaneio, 2010. 6º Semestre, Gestão em Moda

Filme: Foi Apenas Um Sonho, Sam Mendes, EUA, 2008.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

JO SOUZA: Especialista explica as tendências de moda e fala como se vestir bem

Nos dias que antecedem a São Paulo Fashion Week é impossível não se falar em moda. Clarissa Mirzeian: entretenimento@eband.com.br



Para esclarecer algumas dúvidas comuns sobre as novas tendências e dar algumas dicas, o eBand conversou com Jô Souza, que é especialista em criação de imagem e styling de moda e irá ministrar o curso de Produção de Imagem de Moda na Escola Panamericana.


O que você achou da Mostra Cinema na Moda, que conta com Dudu Bertholini, Reinaldo Lourenço, entre outros? O cinema dita a moda ou a moda que influencia o cinema?


Moda e cinema são duas indústrias que geram emprego, turismo e movimentam o PIB do País. Como uma via de mão dupla, ambas se oxigenam, se regeneram e se traduzem. A moda é mais antiga que a indústria do cinema, claro. O cinema virou moda só depois que surgiu com os irmãos Lumière e agora dita a moda, pelas suas estrelas e pelo modo como ele, enquanto linguagem consegue traduzir todos os anseios da comunicabilidade humana.

Entrevista completa aqui:  http://www.band.com.br/entretenimento/moda/conteudo.asp?ID=418076

EM 2011

EM 2011