Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

moda que sai das telas



A partir da premissa que moda e cinema sempre tiveram muito a ver, a versão online do jornal britânico “Times”, do dia 3 deste mês, resolveu listar os 10 filmes que mais influenciaram o modo de vestir das pessoas e os estilistas.

O vencedor foi “Bonequinha de Luxo” (1961), graças ao vestido preto e às luvas longas da mesma cor, usadas pela atriz Audrey Hepburn no filme. Ele foi seguido por “Juventude Transviada” (1955), onde James Dean consagrou o estilo rebelde de camiseta branca, calça jeans e jaqueta de couro.
O filme mais antigo do ranking é “Os Homens Preferem as Loiras” (1953), no qual a atriz Marilyn Monroe ousa nas cenas com vestidos e luvas cor-de-rosa. Já nos anos 60, muitas mulheres usavam cabelos curtos, inspiradas no visual do filme “Acossado” (1960), e minissaias, como em “Blow Up – Depois Daquele Beijo” (1966).

“Desde o seu surgimento, o cinema foi propagador de moda. Nas décadas de 40 e 50, as mulheres levavam ao cinema lápis e papel para copiar roupas, maquiagem e cortes de cabelo das divas. Já a partir dos anos 70, a moda da rua passa a influenciar o cinema e também as passarelas”, comenta Josenilde Souza, professora de Produção de Moda das Faculdades Metropolitanas Unidas, de São Paulo, e autora do blog “Moda e Cinema”.

A moda da rua inspirou os ternos brancos e calças bocas-de-sino do ator John Travolta, em “Os Embalos de Sábado à Noite” (1977), e o estilo retrô, de roupas pretas e cabelo curtinho, usado pela atriz Uma Thurman, em “Pulp Fiction – Tempo de Violência” (1994).

No século 21, a poderosa indústria da moda se consagra em “O Diabo Veste Prada” (2006), no qual Meryl Streep vive uma editora de moda e Anne Hathaway exibe modelos de tirar o fôlego, copiados em várias vitrines após a estreia. (G.B.)
http://folha.arcauniversal.com.br/integra.jsp?codcanal=9987&cod=145656&edicao=903

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu estou muito contente com sua participação...aprender é compartilhar o saber.

beijos jo souza

EM 2011

EM 2011