Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

25 filmes que marcaram um antes e um depois no mundo da moda



O jornal britânico Times, elaborou recetemente, uma lista com os 25 filmes que marcaram um antes e um depois no mundo da moda. Películas como “Avatar” ou “Um Homem Singular” partilham o protagonismo com grandes clássicos da 7ª Arte, como “Annie Hall”, “West Side Story” e “E Tudo o Vento Levou”. Entre nos 25 seleccionados, o filme que Keira Knightley protagonizou junto a James McAvoy, “Desejo e Reparação”, mereceu uma menção especial. Nesta película, a atriz britânica usa um maravilhoso vestido verde-esmeralda que foi eleito pelas revistas In Style e Skymovies como o melhor vestido da história do cinema.

O vestuário nos filmes é um forte vínculo de identificação entre os personagens e os espectadores. Da mesma forma que cada história requer um determinado cenário, os personagens devem vestir exactamente como os colectivos que representam para que o conjunto seja credível.

O Times destaca entre esses 25 filmes, o protagonizado por Natalie Wood, “West Side Story”, assim como aquele dirigido por Luis Buñuel, “Belle de Jour”. Entre os grandes clássicos encontram-se também “Bonnie and Clyde”, cujo guarda-roupa esteve a cargo de Theadora Van Runkle. Neste filme, o jornal destaca a grande colecção de chapéus apresentada pela protagonista, que combina subtilmente com lenços de seda.

A personagem de Diane Keaton em “Annie Hall” é o maior ícone do look andrógino e masculino do cinema. A protagonista, vestida com calças largas, camisas masculinas, coletes e gravatas, inspira continuamente os desenhadores.
Outra protagonista feminina que causou sensação nos ecrãs cinematográficos foi Audrey Tautou na sua interpretação da criadora Coco Chanel no filme “Coco, da rebeldia à lenda de Chanel”. Segundo o Times, somente a actriz francesa poderia ter incarnado uma lenda do mundo da moda envergando uns fantásticos modelos de cortes rectos, capas, blazers e boinas com esse cabelo curto tão característico e tão fora de comum para a época.

Outra actriz que incarnou todo um ícone de da moda foi Sienna Miller. A actriz britânica interpretou a musa de Andy Warhol, Edie Sedwick, na película “Factory Girl”, na qual não só copiou o corte de cabelo ao estilo garçon, como também os leggins, as bailarinas e as camisas de riscas, que estão actualmente mais “in” do que nunca.

Entre os filmes mais actuais, o periódico destaca o distinguido vestuário que Colin Firth usa em “Um Homem Singular”. Não poderia ser de outra forma, tratando-se de um filme dirigido pelo guru da moda Tom Ford.

De “O Diabo Veste Prada”, o Times destaca não os looks de Anne Hathaway, mas a cena onde Meryl Streep, impassível, dá uma aula magistral sobre moda a Hathaway: «Crês que és imune à moda, mas trazes essa horrível camisola azul porque há dois anos alguns desenhadores decidiram que a cor azul estava na moda».
No entanto, uma das grandes surpresas da lista é a inclusão do filme de James Cameron, “Avatar”. De acordo com o Times, os habitantes de Pandora são os maiores expoentes dos tons exuberantes, entre os quais sobressai, inegavelmente, o azul.

“Zoolander”, “O Talentoso Mr. Ripley”, “The Big Sleep”, “Alma em Suplício” e “Grey Gardens” completam a lista dos 25 filmes que deixaram a sua marca no mundo da moda e cujo guarda-roupa converteu-se numa autêntica referência e tendência na sociedade, com o seu estilo e estética original.
 fonte: http://www.portugaltextil.com/tabid/63/xmmid/407/xmid/38054/xmview/2/NoticiaID/38054/Default.aspx

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu estou muito contente com sua participação...aprender é compartilhar o saber.

beijos jo souza

EM 2011

EM 2011