Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Eugenio Recuenco - o poeta das imagens

As fotografias do espanhol Eugenio Recuenco vão além de imagens de moda, ricas em referencias e pesquisa estética. As imagens são capazes de dizer muitas palavras, mesmo em silêncio. Através de cada imagem revelada existe sempre outra, como fotogramas, seguindo uma seqüência dramatúrgica rigorosa. Desta forma, faz outro participar da história que está sendo contada.




Recuenco constrói uma narrativa visual que Versace qualificou de "cinematográfico" suas fotografias são imensamente criativas, dramáticas, rica em detalhes. Nelas existem muitas referencias de filmes desde os fantásticos até filmes noir. As imagens são tecnicamente irrepreensíveis e visualmente arrebatadores, deslumbrante.

Nota-se algumas características marcantes do editorial para ser considerado noir: O casting é femme fatale, a locação interna e sombria, ambiente realista e urbano, as fotografias em cores lavadas (não-saturadas), com técnica expressionista e o uso de narração. Nos elementos do roteiro a protogonista está em todas as cenas, numa perspectiva criminal, evocando o suspense, paranóia e desconfiança. A iluminação é sofistacada e com uso de contrastes e sombras para criar um clima angustiante.

Alguns diretores associados ao período clássico do film noir: Edgar G. Ulmer, Jules Dassin, Edward Dmytryk, John Farrow, Samuel Fuller, Henry Hathaway, Alfred Hitchcock, John Huston, Phil Karlson, Fritz Lang, Joseph H. Lewis, Anthony Mann, Otto Preminger, Nicholas Ray, Robert Siodmak, Orson Welles, Billy Wilder e Robert Wise.

2 comentários:

Eu estou muito contente com sua participação...aprender é compartilhar o saber.

beijos jo souza

EM 2011

EM 2011